Plantão
Geral

Foi chamado pelo INSS, mas não agendou perícia? Saiba o que fazer para não perder o benefício

Publicado dia 15/04/2018 às 12h06min
Dos 10,4 mil convocados via edital para revisão dos benefícios no Rio Grande do Sul, somente 1.271 agendaram perícia até a sexta-feira

Terminou nesta sexta-feira (13), o prazo para 94 mil beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em todo o Brasil – convocados por edital no dia 23 de março – marcarem a perícia do pente-fino pelo telefone 135. São segurados não encontrados por inconsistência de endereço ou que receberam a carta mas não agendaram o exame. A partir de agora, os benefícios começarão a ser bloqueados. No Rio Grande do Sul, foram convocadas 10.406 pessoas (7.332 que recebem auxílio doença e 3.074 aposentados por invalidez). Do total, 1.271 (906 que recebem auxílio doença e 365 aposentados por invalidez) agendaram perícia de revisão — cerca de 12,21% do total. Estão na mira do pente-fino os beneficiários de auxílio-doença que estão há mais de dois anos sem passar por uma perícia médica e os aposentados por invalidez com menos de 60 anos. Com o prazo encerrado, o INSS deve iniciar o bloqueio dos pagamento de quem não marcou a reavaliação obrigatória. Mas a suspensão do pagamento ainda não é definitiva e pode ser revertida. Estes beneficiários têm ainda mais 60 dias para marcar a perícia por meio do telefone 135.

Fonte: Diario Gaucho

Fale Conosco

Rua Bom Pastor, 240 - Itapuã Viamão / RS
(51) 3494-1208 | (51) 9997-10914 | (51) 9856-46362
contato@radiowebportal.com.br