Plantão
Polícia

Testemunha viu suspeitos deixando caixas onde estavam corpos de crianças, diz polícia

Publicado dia 19/01/2018 às 13h36min | Atualizado dia 12/04/2018 às 23h31min
Delegado responsável pela investigação diz que novas testemunhas corroboram que houve ritual com participação de crianças, e perícia analisa se material encontrado no templo pode ser sangue humano.

delegado responsável pelo inquérito que apura a morte e esquartejamento de duas crianças encontradas em Novo Hamburgo, em setembro do ano passado, disse na manhã desta sexta-feira (19) que o surgimento de novas testemunhas reforça a hipótese de que os quatro suspeitos presos até o momento tenham participado do crime. Outras três pessoas também tiveram a prisão decretada e estão foragidas.

"Temos uma outra testemunha que viu os investigados descartando caixas de papelão no local exato onde os corpos foram deixados. Essa testemunha indicou o local, reconheceu os investigados, mas disse que não tinha como saber que se tratavam de corpos porque estavam dentro de caixas de papelão", diz o delegado Rogério Baggio, titular da Delegacia de Homicídios de Novo Hamburgo.

Segundo ele, a testemunha conseguiu precisar quando viu a cena porque era dia do aniversário de seu filho. A data relatada é o dia 4 de setembro de 2017, quando a polícia encontrou os corpos na Estrada das Tranqueiras. Essa mesma testemunha relatou ainda ter visto uma camionete vermelha, que foi apreendida.

Até então, a polícia tinha uma testemunha chave no inquérito, que chegou a ser incluída no sistema de proteção, e que relatou ter visto o ritual com duas crianças no templo satânico, em Gravataí.

Baggio diz que agora a polícia tem ainda mais indícios "que comprovam que realmente houve ritual."

 

"Se as crianças estavam no ritual, ou se são as crianças [mortas]ainda não se sabe, mas sabemos que foi feito um ritual com crianças."

 

 
Bombeiros trabalham em buscas no templo investigado por suposto ritual com morte de crianças no RS (Foto: Fernando Gomes/Agência RBS)Bombeiros trabalham em buscas no templo investigado por suposto ritual com morte de crianças no RS (Foto: Fernando Gomes/Agência RBS)

Bombeiros trabalham em buscas no templo investigado por suposto ritual com morte de crianças no RS

Fonte: G1.com

Fale Conosco

Rua Bom Pastor, 240 - Itapuã Viamão / RS
(51) 3494-1208 | (51) 9997-10914 | (51) 9856-46362
contato@radiowebportal.com.br